O maior défice do País não é financeiro, nem é democrático, talvez seja neuronal, mas é concerteza de senso comum
Domingo, 1 de Março de 2009
a cimeira europeia

O acontecimento político deste fim de semana foi a cimeira europeia.

Está em questão o apoio financeiro aos Estados Membros que enfrentarem problemas graves de financiamento da sua dívida externa, quer dizer: a falência. Estão à vista situações muito próximas na Polónia, na Hungria e na Letónia. Mas também, na zona Euro, na Grécia e na Irlanda. Portugal e Espanha ainda não estão assim, mas podem vir a estar.

Decidiu-se, e bem, afastar os nacionalismos e proteccionismos nacionais e apoiar os Estados Membros que necessitarem de suporte financeiro. A Alemanha disse-o com clareza.

A União Europeia tem a maior economia do mundo e tem meios para suportar os seus Membros que estiverem em dificuldade. Esta decisão significa mais um passo gigante para a integração europeia.

Houve decisões que ficaram em stand-by, mas podem vir a ser tomadas: a antecipação da entrada no Euro da Hungria, da Letónia e talvez da Polónia; o reforço do orçamento comunitário, com a emissão de eurobonds e/ou um imposto europeu cobrado directamente nos estados Membros, de modo a permitir reforçar as intervenções financeiras redistribuidoras dentro da União. 

A solidariedade europeia é importantíssima. O que se passou nesta cimeira é crucial.


tags:

publicado por commonsense às 21:28
link do post | comentar | favorito
|

5 comentários:
De Fanicos a 3 de Março de 2009 às 01:40
... a ver vamos ...


De commonsense a 3 de Março de 2009 às 22:38
SE algum do Estado Membos sofrer uma colapso financeiro, principalmente se for da zona Euro, será a própria UE a colapsar.

E então,,, pobre Portugal


De Fanicos a 4 de Março de 2009 às 15:40
"SE algum do Estado Membos sofrer uma colapso financeiro, principalmente se for da zona Euro, será a própria UE a colapsar."

Deus o oiça ...

"E então,,, pobre Portugal"

Portugal já é pobre, não há volta a dar-lhe. Que ao menos se mantenha independente dos interesses da França e Alemanha. Que não nos ajudarão nunca!
Melhor seria que conseguissemos combater a corrupção.





De commonsense a 4 de Março de 2009 às 21:30
O combate à corrupção é obviamente necessário, mas é difícil quando está instalagda na própias autoridade.
Mas se Portugal sair da UE, ou esta colapsar, Portugal não fica só mais pobre, entra mesmo em ruptura económica, financeira e social, como o povo desmpregado e faminto na rua a assaltar as lojas e as casas.
Há graças que antigamente se podiam dizer, quando não havia perigo. Mas agora o perigo de ruptura social geral é muito concreto e muito real.


De Fanicos a 5 de Março de 2009 às 18:36
Desta vez Fanicos dá-lhe o benefício da dúvida. Oxalá tenha razão.


Comentar post

blogs SAPO
mais sobre mim
visitas
subscrever feeds
links
pesquisar
 
posts recentes

de volta para o Blogger

o bastonário

broken windows

inocência

o bastonário

o regular funcionamento d...

Sócrates tem mesmo de ser...

bloco central revisited

o bairro da bela vista

um só Deus para tanta gen...

isto é uma vergonha (8) a...

SAP - sociedades anónimas...

a Chrysler faliu

viragem de rumo na Islând...

o Diário de Notícias e o ...

europeias 4 - o debate na...

the fool on the hill

europeias 3

combustíveis, concorrênci...

Vincent van Gogh

cego, surdo e mudo

sem eira nem beira

europeias 2

nem às paredes confesso.....

isto é uma vergonha (7) a...

candura

a sida, o comportamento s...

o bastoneiro da desordem

isto é uma vergonha (6) o...

Jennifer Junniper (Donova...

a saga do provedor

pinho & lino

o relatório Larosière

é preciso não perceber na...

madoff

consciência da impunidade

Portugal novo

já não era sem tempo

ó patego olh'ó balão

a cimeira europeia

tu quoque

isto é uma vergonha (5) "...

lá e cá, a Máfia

anomia

supervizinha

isto é uma vergonha (4) V...

invasão dos bárbaros

accionistas masoquistas

yes we can!

isto é uma vergonha (3) F...

arquivos

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Agosto 2005

Junho 2005

Maio 2005

tags

aborto baby-killers

american soft power

baby killers

baby killers 4

berlusconi

burocracia

casa pia

crianças

crianças; casa pia

crise

cultura

dinheiro

economia

esperança; política; desporto

ética

europa

freeport

fumar

guerra

islão

justiça

kosovo

natal

negócios

nuclear

ota

país

paz

pinho&lino

política

ps

psd

religião

renditions

saúde

sida

sixties

sociedade

socretinos

tabaco

universidade

todas as tags

subscrever feeds