O maior défice do País não é financeiro, nem é democrático, talvez seja neuronal, mas é concerteza de senso comum
Domingo, 9 de Novembro de 2008
mona vazia

Ontem houve mais uma manifestação de professores em Lisboa. Se bem me pareceu, ainda foi maior que a anterior. E a ministra continuou a desvalorizar a reacção dos professores.

 

A ministra não tem uma ideia na cabeça: tem a mona vazia. Não entende que o ensino não pode melhorar, nem sequer funcionar decentemente, com a imensa maioria dos professores neste estado de espírito; que o ensino não pode funcionar sem os professores e muito menos contra os professores.

 

A ministra ainda não se apercebeu de que os melhores alunos que entram na universidade vêem do ensino particular, que o ensino do seu ministério é uma lástima.

 

A ministra não sabe - nem sonha - que o que tem que ser avaliado não são os professores, são as escolas. Devia, ao menos, perguntar como é que se faz nos outros países.

 

A ministra é que tem que ser avaliada.

 

Mas o mal é também do ministério. Ocupado pelos gonçalvistas desde 1974/75, nunca mais se curou. Hoje, já não tem cura. Se eu mandasse, era tranferido para a Expo, instalado ao lado do oceanário, e podia ser visitado com o mesmo bilhete. Quem lá está, lá continuaria, a fazer as mesmas coisas, isto é, nada de geito. Mas já não mandariam nem estragariam. Em seu lugar seria criado um novo: o Ministério da Instrução, que trataria de redignificar os professores, de lhes dar autoridade, de reabilitar as escolas, de restaurar a disciplina e o ensino. Com rigor, com autoridade, com disciplina, com qualidade de ensino, os jovens seriam preparados para a vida, como cidadãos, como profissionais, como pessoas.

 

No velho ministério haveria excursões, até vindas do estrangeiro, onde se poderia ver o que não se deve fazer. Lá estaria a Mona Vazia, sentada no seu gabinete. Penso que não daria por nada e nem se aperceberia da mudança. Para castigo, estaria todo o dia a ser avaliada, a prencher impressos e gráficos de avaliação... que seriam enviados directamente para a reciclagem.

 

Amen. 



publicado por commonsense às 19:05
link do post | comentar | favorito
|

3 comentários:
De pedroucos a 11 de Novembro de 2008 às 09:06
Quando será que a Ministra vai entender que duas (e talvez três) manifestações com mais de 100.000 participantes são uma forte mensagem política?


De tiago menor a 11 de Novembro de 2008 às 14:05
Excelente análise. A que não falta uma satisfatória e bem conseguida dose de humor...
De facto, esta gente já deveria ter sido corrida, de há muito, dos seus pedestais de barro cru...
A sua acção - não só desta ministra, mas de muitos mais "responsáveis"... - tem conduzido o País à confusão e à desqualificação. Se não forem apeados, Portugal caminhará seguramente para o abismo.

Aceite respeitosos cumprimentos.

tiago menor


De padeiradealjubarrota a 18 de Novembro de 2008 às 02:25
Pobre Portugal, a chinelar!


Comentar post

blogs SAPO
mais sobre mim
visitas
subscrever feeds
links
pesquisar
 
posts recentes

de volta para o Blogger

o bastonário

broken windows

inocência

o bastonário

o regular funcionamento d...

Sócrates tem mesmo de ser...

bloco central revisited

o bairro da bela vista

um só Deus para tanta gen...

isto é uma vergonha (8) a...

SAP - sociedades anónimas...

a Chrysler faliu

viragem de rumo na Islând...

o Diário de Notícias e o ...

europeias 4 - o debate na...

the fool on the hill

europeias 3

combustíveis, concorrênci...

Vincent van Gogh

cego, surdo e mudo

sem eira nem beira

europeias 2

nem às paredes confesso.....

isto é uma vergonha (7) a...

candura

a sida, o comportamento s...

o bastoneiro da desordem

isto é uma vergonha (6) o...

Jennifer Junniper (Donova...

a saga do provedor

pinho & lino

o relatório Larosière

é preciso não perceber na...

madoff

consciência da impunidade

Portugal novo

já não era sem tempo

ó patego olh'ó balão

a cimeira europeia

tu quoque

isto é uma vergonha (5) "...

lá e cá, a Máfia

anomia

supervizinha

isto é uma vergonha (4) V...

invasão dos bárbaros

accionistas masoquistas

yes we can!

isto é uma vergonha (3) F...

arquivos

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Agosto 2005

Junho 2005

Maio 2005

tags

aborto baby-killers

american soft power

baby killers

baby killers 4

berlusconi

burocracia

casa pia

crianças

crianças; casa pia

crise

cultura

dinheiro

economia

esperança; política; desporto

ética

europa

freeport

fumar

guerra

islão

justiça

kosovo

natal

negócios

nuclear

ota

país

paz

pinho&lino

política

ps

psd

religião

renditions

saúde

sida

sixties

sociedade

socretinos

tabaco

universidade

todas as tags

subscrever feeds